fbpx

Tenho sido eficiente em parte importante dos cenários que proponho. Já contei que esta crise brasileira cujo epicentro foi a covid-19 passou longe de ser um cisne negro pois tivemos mais de 100 dias para nos prepararmos, se considerarmos a divulgação do primeiro caso na China. E não o fizemos apropriadamente.

Hoje quero provocar uma nova reflexão que requer ação muito cuidadosa:

– nosso vigor econômico costuma ser de relativo crescimento pré eleições, mas o pós eleições costuma ser péssimo

– e isto se junta ao período de final de ano

– que se junta ao início do ano que vai até o carnaval

Estas razões são mais do que suficientes para uma instigar a construção de um bom plano de contingência, seja organizacional, seja pessoal.

Se somarmos a isto os reais e concretos efeitos de uma segunda onda de covid-19, pensar profundamente e planejar considerando mais este cenário pode ser a medida mais inteligente. Aqui eu preciso relembrar que poucos acreditavam na primeira onda… apesar de todos os sinais…

Como o tema é complexo, argumento a seguir:

– se você acredita na segunda onda, assunto resolvido, mãos a obra

– para os demais:

1) você não precisa acreditar na covid, tampouco na segunda onda e sim nos efeitos gerados em torno do problema, exatamente como ocorreu até agora. Ou seja, se o que acontece neste minuto em todo hemisfério norte começar a ocorrer no Brasil daqui a uns 2 meses, certamente os efeitos econômicos e suas decorrências também nos afetarão independentemente da sua crença.

2) ou seja, assunto resolvido, você precisa planejar também considerando este cenário, pois muitas vezes o que nos afeta são exatamente fatores externos que fogem completamente a nosso controle, e muitas vezes a nosso entendimento.

Errar uma vez é possível, e assim encaro o que vivemos desde março. Agora é hora de mostrarmos que aprendemos algo com isto. Temos o tempo a nosso favor, de novo.

E se nada disto ocorrer? Este seria o melhor dos mundos. Você não perdeu nada, mas agiu preventivamente e se preparou para o risco.

Esta é a virtude do planejamento associado à gestão de risco!

Adriano Amui

Adriano Amui

Empreendedor (Esfera, Invent, Deep Seed Solutions, Portal dos Livreiros e FCA Strategy), Mentor, Professor e Palestrante (FDC, ESPM e SFU Beedie Business School) com foco em Planejamento Estratégico, Estratégia Competitiva, Novos Modelos de Negócios, Empreendedorismo, Go-to-Market, Novos Negócios, Marketing, Design Thinking, Inovação e Transformação Digital. Ver perfil completo >>

Ver mais conteúdos

Deixar um comentário

Ver mais conteúdos